Tubarão

Foram diversas ações promovidas em alusão ao Setembro Amarelo, que é realizada para debater e alertar sobre assuntos tão importante, como o suicídio e os doenças mentais. Por meio da Fundação Municipal de Saúde (FMS), os serviços do Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) e de várias Unidades Básicas de Saúde (UBS), exerceram rodas de conversas, palestras, atendimentos em horário estendidos, ações para pacientes dos centros de atenção e muito mais. O mês está chegando ao fim, mas as atividades ainda não.

Nesta quinta-feira, a partir das 14h, no Centro de Referência da Assistência Social (Cras 2), haverá uma mobilização para as famílias dos pacientes, sobre a campanha e o uso abusivo de álcool nos dias atuais. Já as 16h40, na UBS do KM63, uma roda de conversa vai debater diversos temas com a comunidade. Após às 17h, é a vez da unidade do Sertão dos Corrêa reunir os moradores para também promover uma roda de conversa e atendimentos estendidos.

Pelo horário noturno, às 18h30, a unidade do Recife vai promover uma palestra para conversar e retirar as dúvidas dos moradores do bairro. Já a partir das 19h, a comunidade do Morro da Caixa terá um espaço para participar de uma roda de conversa sobre o Setembro Amarelo. E neste horário simultaneamente, uma palestra no Salão Paroquial do Bom Pastor reunirá toda a comunidade.

Nesta sexta, o Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (Caps AD) promoverá uma palestra, a partir das 9h, para que os familiares dos pacientes conversem sobre sentimentos e outros assuntos. No último dia do mês, a partir das 9h, uma exposição de artesanatos acontecerá na Fundação Municipal de Saúde para toda a comunidade.