Futuro da energia elétrica será o uso dos painéis solares ou dos aerogeradores  -  Foto:Procel/Divulgação/Notisul
Futuro da energia elétrica será o uso dos painéis solares ou dos aerogeradores - Foto:Procel/Divulgação/Notisul

Tubarão

Na busca por economia e sustentabilidade, energias alternativas como a solar e eólica estão cada vez mais em alta. Atentos às mudanças, o governo do Estado, em parceria com as Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc), lançou, no início desta semana, o Projeto Bônus Eficiente – Linha Fotovoltaica da Celesc 2016. O objetivo é instalar mil painéis fotovoltaicos para geração de energia solar em residências catarinenses.

A Engie Geração de Energia Fotovoltaica Ltda., subsidiária da Engie e proprietária da Usina Solar Cidade Azul, em Tubarão, será responsável por instalar o sistema, monitorar o desempenho e prestar assistência técnica especializada. O presidente da empresa, Eduardo Satamini, enfatiza que é uma iniciativa inovadora por parte do governo de Santa Catarina. “A energia solar deve ser aproveitada por todos no futuro. É uma energia limpa que não tem impactos no ambiente e será uma vitrine para nós. Com certeza irá alavancar o crescimento dessa fonte de energia no Estado e, quem sabe, disseminar essa boa prática para outras unidades da federação”, destaca. 

A ação vai viabilizar a instalação de sistemas fotovoltaicos de 2,6 kWp em unidades consumidoras residenciais, com desconto de 60% em relação ao preço de mercado. Em condições ideais, os oferecidos pelo projeto deverão gerar, aproximadamente, 280 kWh/mês por unidade. “O retorno do investimento para o consumidor é de três a quatro anos, com a vida útil dos equipamentos de 25 anos”, destaca o coordenador do peeCelesc, Marco Aurelio Gianesini, considerando que o KWh de energia custa, atualmente, R$0,60.

Seleção de consumidores ocorre em fevereiro
O consumidor que quiser participar da seleção deverá acessar o site que será lançado pela Celesc e preencher seus dados. Os que atenderem aos critérios estabelecidos pela empresa contratada para execução serão selecionados. “Teremos 60 dias para a construção de um site para receber o cadastramento de todos aqueles que querem e, a partir de fevereiro, devemos iniciar a seleção e a instalação de todos os sistemas”, explica o presidente da Celesc, Cleverson Siewert. Ao participar do projeto, o consumidor também terá direito a receber cinco lâmpadas led.

Ninguém vive sem
A eletricidade é um dos fenômenos que mais causou revolução ao ser descoberto e é uma das grandes responsáveis pelo avanço da humanidade. Hoje, a energia é fundamental, está presente de alguma forma em praticamente todos os lugares. Sabendo desta importância e até dependência da eletricidade muitas pesquisas são realizadas para que se melhore o seu desempenho.