#PraCegoVer Na foto, uma mulher dá uma entrevista
Deputada Ada De Luca (MDB) é a autora do projeto de lei que inclui as Redes Femininas de Combate ao Câncer de Santa Catarina no rol de entidades que poderão receber recursos do Fundos Estadual da Saúde - Foto: Rodolfo Espínola | Agência Alesc | Divulgação

As comissões de Constituição e Justiça, Finanças e Tributação e de Saúde da Assembleia Legislativa analisam uma proposta que permite que o Estado firme convênios com as Redes Femininas de Combate ao Câncer, utilizando recursos do Fundo Estadual de Saúde na execução de suas atividades. O Projeto de Lei 17/2022 altera dispositivos da Lei Estadual 5.254/1976, incluindo um inciso que adiciona a entidade entre as possibilidades de aplicação de recursos.

Na justificativa, a deputada Ada De Luca (MDB), autora do texto, cita o importante trabalho feito pela instituição para prevenção, tratamento e recuperação das mulheres acometidas por esta terrível doença. “A possibilidade de firmar convênios entre o Estado e as RFCC será um divisor de águas, provendo ajuda financeira a essas entidades, que prestam serviços que deveriam ser disponibilizados pelo poder público”, defende

Fonte: Agência Alesc
Edição: Zahyra Mattar | Notisul

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul