Wagner da Silva
Grão-Pará

Assim que ‘São Pedro colaborar’ e mandar 15 dias de tempo bom e firme, as obras de recuperação da SC-439 serão executadas. A ação é considerada prioridade na região, especialmente em função do fechamento da Serra do Rio do Rastro, nos últimos dias.
O trecho de aproximadamente 28 quilômetros liga Grão-Pará a Urubici, através da Serra do Corvo Branco. “O local é mais úmido e requer maior cuidado. Máquinas estão em outros locais na região e serão deslocadas assim que o tempo permitir para alargar a rodovia”, explica o secretário de desenvolvimento regional em Braço do Norte, Gelson Luiz Padilha (PSDB).

Cerca de 500 metros cúbicos de material estão depositados às margens da rodovia, à espera do começo das obras. Neste trecho, o principal fator para a rápida deteriorização é o excesso de peso de caminhões. “Agora, com o fechamento da Serra do Rio do Rastro, boa parte dos veículos foi desviada para este acesso. O que era ruim piorou”, lamenta Padilha.
O secretário argumenta ainda que a recuperação da estrada não surtirá efeito se os excessos continuarem. “Será o mesmo que realizar a manutenção hoje e voltar para repetir todo o trabalho na próxima semana”, alerta.