#Pracegover foto: na imagem há um veículo do bombeiro
#Pracegover foto: na imagem há um veículo do bombeiro

Uma mulher de 40 anos foi encontrada em um terreno baldio com um recém-nascido em Itajaí, Litoral Norte catarinense, na quinta-feira (17). Segundo o Corpo de Bombeiros, o bebê não apresentava sinais vitais e a mulher tinha sangramento. Ela foi internada.

A Polícia Civil informou nesta sexta-feira (18) que abriu um inquérito para investigar o caso com base no artigo 124 do Código Penal, que trata sobre o crime de aborto provocado. Os detalhes de como a mulher chegou até ao local e o que ocorreu até o parto da criança também vão ser apurados.

A identidade dela não foi divulgada. De acordo com o delegado Alexandre Carvalho, a mulher seguia em tratamento e não pôde prestar esclarecimentos até a tarde desta sexta. Nos próximos dias, a polícia deve interrogar testemunhas. De acordo com os bombeiros, a criança estava enrolada em um cobertor junto da mãe em uma galeria de esgoto.

Os dois foram levados ao Hospital Infantil Pequeno Anjo, em Itajaí, onde médicos constataram a morte do bebê, conforme informações da corporação. Depois de ter o primeiro atendimento, a mulher foi encaminhada ao Hospital Marieta Konder Bornhausen, na mesma cidade, onde segue internada.

De acordo com o delegado, um laudo sobre o corpo do bebê irá detalhar as causas da morte e o mês de gestação. O nome da mulher não foi divulgado.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: G1/SC