Zahyra Mattar
Tubarão

O que você faria com mais de R$ 1 milhão? Com certeza muita coisa. Um pouco mais que este valor (confira no quadro ao lado) é o que a prefeitura de Tubarão receberá no dia 10 do próximo mês. Mais que colocar as contas em dia, o recurso deixará o caixa polpudo para a próxima administração. O secretário de finanças da prefeitura, Wilson Beckhauser, gostou da notícia, mas garante que o emprego do recurso dependerá da decisão do prefeito Carlos Stüpp (PSDB). “O prefeito que vai decidir”, decreta. Projetos para investir este “dinheirinho” são o que não faltam.

Em Santa Catarina, as principais receitas extras que serão creditadas aos municípios somam cerca de R$ 100 milhões. Este montante é referente a R$ 83,6 milhões do aumento de 1% do FPM, duas parcelas (a primeira este mês, a outra em dezembro) do Fundo de Apoio ao Desenvolvimento Catarinense (Fadesc) e do Programa de Desenvolvimento da Empresa Catarinense (Prodec) e ainda mais duas parcelas do auxílio para Fomento das Exportações (FEX – a primeira este mês. A segunda no próximo).

Os prefeitos poderão planejar como investirão os recursos, mas devem atentar para as verbas do FPM e do Prodec/Fadesc que são vinculadas: 25% em educação e 15% em saúde. Já o FEX, pode ser destinado a outras prioridades, já que a aplicação não é obrigatória em área específica.