Tubarão

Parte da vida cultural de Tubarão, a Rádio Tubá chegou aos 70 anos ontem, e uma missa de Ação de Graças foi realizada no último domingo, na Catedral Diocesana Nossa Senhora da Piedade, em Tubarão.

Fundada em 1947, a Tubá começou como um sistema de serviço de alto-falante, que, pelas condições técnicas disponíveis à época, podia ser acompanhado apenas em Tubarão.

O bancário aposentado Ademar Bez, 67 anos, é um dos muitos funcionários que contribuíram com a história da comunicação na emissora. Ele comemora as conquistas da rádio e relembra da época em que atuou como sonoplasta na empresa. “Meu primeiro emprego foi de sonoplasta. Comecei na rádio JK, depois fui para a Tabajara até chegar à Tubá, onde fiquei por quase dez anos. Acompanhei diversos apresentadores e os padres que faziam os programas na época. Foi um momento marcante”, relembra.

Ademar conta que os equipamentos passaram por grande evolução nos últimos tempos. Nos anos 1990, quando passou pela rádio, não existiam CDs, pen drive, arquivos de computador, era tudo manual. “Trabalhávamos com discos de vinil e tinha que colocar a agulha na linha certa para tocar as músicas e os programas. Era tudo diferente. Agora, é só apertar um botão”, detalha.

Após anos de experiência na rádio ingressou na carreira de bancário e manteve os dois empregos por um período. “Depois, fiquei só no banco, mas até hoje acompanho a rádio e tenho muito orgulho de ter participado dessa história”, comemora.