Em Joinville, moradores da Zona Sul tem recebido a “visita” de bandos de quatis. A região fica próxima a uma área de preservação ambiental, habitat natural dos bichos. O caso foi parar na prefeitura, que analisa ações para minimizar o impacto do aparecimento dos animais.

A prefeitura chegou a fazer uma reunião nesta sexta-feira (3) sobre a situação, mas sem deliberação. Conforme o município, na próxima semana será feita uma nova análise com a Polícia Militar Ambiental, para possivelmente de recolhimento dos animais.

Na casa da arquiteta Luana Fontana os animais vem aparecendo há dois meses. Nesta manhã, pelo menos nove escalaram o muro. Em outra data, por pouco não invadiram a cozinha. “A janelas têm que ficar fechadas ou com a gente presente, se não eles invadem”, conta Luana.

A cabeleireira Arlene Speckhahn relata o ‘furto’ feito pelos animais. “A porta estava aberta e eles entraram. Eu tenho frutas na bancada e eles se apoderaram. Daí foi aquele estrago todo”, relembra Arlene.

Ao encontrar um quati, a orientação é para não provocar nem maltratar o animal. Os moradores sugeriram às autoridades que transfiram os animais para outra mata nativa, longe das residências. Até esta sexta-feira, no entanto, não há decisão sobre o caso.