A Prefeitura de Laguna também criou barreiras sanitárias nas entradas principais da cidade para orientar às pessoas a ficarem em suas casas.

O objetivo do decreto assinado pelo Governador Moisés é diminuir a circulação de pessoas nas ruas para evitar a proliferação do coronavírus.

De acordo com o Secretário Turismo, Evandro Flora, a circulação de veículos na cidade é muito alta. Nesta segunda-feira transitaram na entrada da cidade 862 carros em um período de 3 horas. 

Conforme dados da secretaria, 597 carros eram de Laguna, 76 de Tubarão, 30 de Pescaria Brava, 17 de Imbituba, 16 de São José, 16 de Criciúma, 15 de Florianópolis, 10 de Içara, e 07 de Braço do Norte, além de outras cidades do Estado.

O secretário diz que não há nada de errado em as pessoas saírem de suas cidades e passarem a quarentena em Laguna, o problema é que a maioria das pessoas que entra na cidade tem empresa em cidades da região e vão e voltam todos os dias.

“As pessoas estão andando nas ruas por irresponsabilidade. Vimos um carro passar 4 vezes na barreira. Parece que para estas pessoas ainda não caiu a ficha. Estamos ali para orientar e pedimos que cada um faça sua parte. Não é o momento de ir na casa do amigo, levar a namorada em casa ou passear”, disse.

A barreira sanitária segue até o fim do decreto em 31 de março.