A aplicação do BTI, produto biológico para combater a incidência de larvas do mosquito borrachudo, está em andamento em Rio Fortuna. A quarta etapa da ação será feita na próxima semana para evitar a proliferação de novas larvas de postura.

Neste ano, a aplicação é realizada em torno de 230 pontos de córregos localizados nas comunidades de Rio Café e Alto Rio Fortuna, historicamente as mais afetadas pelo mosquito. As aplicações iniciaram em novembro, com um ciclo a cada 15 dias.

O trabalho é feito pela empresa Martina Kristie Controle de Simulídeos Ltda, vencedora da licitação lançada neste ano pela prefeitura. Segundo o secretário de agricultura e meio ambiente, Evaldo Zanelato, os resultados já são percebidos.

“A situação piora nos dias quentes e úmidos. Os mosquitos atrapalham o trabalho na lavoura e o lazer ao ar livre. Este é um problema recorrente na nossa cidade e ações como esta garantem saúde e qualidade de vida”, enfatiza.

Para a aplicação do BTI, foi realizado um mapeamento e levantamento em rios e córregos do município de Rio Fortuna que apontaram índices elevados de larvas e do mosquito.

 

Capacitação
Para as demais localidades de Rio Fortuna, as ações de controle preveem o envolvimento dos moradores das regiões beneficiadas. A aplicação do larvicida será feita pela própria comunidade, mas tudo com a supervisão dos técnicos da prefeitura.

O primeiro treinamento foi feito na propriedade do agricultor Valmor Roecker, em Rio Otília. Ao todo, 21 pessoas das comunidades de Bracinho do Rio dos Bugres, Barra do Rio Chapéu, Rio Areão e Rio Otília participaram e receberam as instruções de como aplicar o produto.

 

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul