Você conheceu uma pessoa que o deixou impactado, seu coração bateu acelerado, de uma forma totalmente diferente, ficou zonzo, deixou a taça de vinho cair na camiseta novinha, até perdeu um pouco fôlego, a alma saiu e voltou por alguns segundos… então surge a grande dúvida: por que será que estou sentindo isso? Será se essa pessoa sente o mesmo por mim? 

Algumas vezes o que está acontecendo é simplesmente uma atração física misturada com uma tonelada de ansiedade! Neste mundo tão complexo e monótono, precisamos sair da rotina, então surge alguém para nos impulsionar, alguém que nos dá um choque de dopamina.

De repente você acorda para a realidade e aquela inquietação ainda o persegue. Será que é para ser? Como saber se é para ser? É fácil… e a resposta está sempre na sua cara.

Quando um romance é para ser ele flui de uma forma tão natural quanto as águas de um rio caudaloso.

Veja alguns sinais de que é para ser:

* você é correspondido com olhares e palavras

* existe reciprocidade em tudo

* sintonia em nível máximo

* boa comunicação

* diálogo

* atração física

* ele ou ela te liga

* preocupa-se com você

* quer conhecer seu passado presente e futuro

existe respeito, gentileza e atenção.

Quando é para ser, não importa se ele ou ela é 40 anos mais velho. Quando é para ser, não importa se ele ou ela está do outro lado do oceano, não importa o quanto você tem na sua conta bancária. Quando é para ser, vocês se encontram em eventos aleatórios, você não sente medo, sente calmaria e esperança, você sabe que em algum momento vai acontecer.

Quando é para ser, até o vestido de casamento você ganha, sem mais, nem menos. Quando é para ser, não adianta nem fugir… quando é para ser, não adianta forçar que não vai rolar.  Não importa se você mudou de cidade, país ou emprego, quando é para acontecer, o destino simplesmente dá um jeitinho bem brasileiro.