A Tubarão Saneamento, por meio do Programa Social “Cuidando do Nosso Rio”, inicia na próxima semana inspeções nas instalações de esgoto das residências que já receberam o aviso para se conectarem na rede. Conforme o cronograma, os bairros que receberão a visita da equipe técnica são Vila Moema e parte dos bairros Centro e Recife.

“As vistorias serão realizadas por uma empresa terceirizada pela Concessionária, mas todos os profissionais estarão com colete, boné e crachá, com a identidade da Tubarão Saneamento. Em caso de dúvidas, sugerimos que o usuário entre em contato com a nossa Central de Atendimento”, orienta o diretor da Concessionária, Marcelo Matos.

O objetivo da iniciativa é garantir a correta funcionalidade do sistema de coleta e tratamento de esgoto, identificando os imóveis que possuem o esgoto conectado na rede de drenagem pluvial e que contaminam o principal rio que atravessa a cidade, o Rio Tubarão. “As vistorias serão realizadas gratuitamente e resultarão em orientações para que o usuário regularize a rede do próprio imóvel e tire todas as dúvidas relacionadas ao sistema. É uma oportunidade de esclarecimento”, explica Marcelo.

O programa
O Programa “Cuidando do Nosso Rio” foi criado pela Tubarão Saneamento para incentivar ações que melhoram o meio ambiente, a partir de atitudes que compõem a rotina de cada cidadão. Por meio do dele, são realizadas palestras, mutirões de limpeza, fiscalizações em redes de coleta de esgoto e nas instalações internas das residências, bem como, orientações para regularizar a tubulação residencial de esgoto e entre outras atividades.

Quer saber se a sua residência está conectada corretamente?
A ligação de esgoto da sua residência tem início na rede coletora e termina na caixa de inspeção, que fica próximo ao passeio, na divisa do imóvel. A partir dela, chamada também de “Ponto de Recebimento de Esgoto”, as instalações internas são de responsabilidade exclusiva do proprietário do imóvel ou morador.

Os resíduos do banheiro (chuveiro, pia e vaso sanitário), da lavanderia (tanque e máquina de lavar), cozinha e área de churrasco (após passar pela caixa de gordura), devem estar conectados na rede de esgoto. Já a água da chuva ou de piscinas, devem ser direcionadas para a drenagem pluvial. Os resíduos sólidos (lixo orgânico, não reciclável ou reciclável) o destino correto é a coleta de lixo seletiva ou comum.

No caso de esgoto não-doméstico, o estabelecimento deve, obrigatoriamente, contar com uma retentora de areia e graxa, aprovada previamente pela Concessionária. Por exemplo, garagens, oficinas, postos de serviço e de abastecimento de veículos e de outras instalações nas quais são realizadas atividades de lavagem, lubrificação e outros serviços.

“É importante destacar que só pode ser conectada na rede as unidades consumidoras autorizadas por meio de comunicado na fatura mensal. Depois de realizar o processo, é necessário que a Central de Atendimento da Tubarão Saneamento seja informada, pelo 0800 648 9596,  WhatsApp (48) 99168 5827 ou no site tubaraosaneamento.com.br“, completa o diretor Marcelo.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul