Extraído de fontes vegetais pelas abelhas, o própolis é uma resina utilizada na cobertura e proteção de colmeias. Para os humanos, o ingrediente é age como um excelente antibiótico natural que, além de fortalecer o sistema imunológico, promove diversos outros benefícios para a saúde.

Em seu perfil no Instagram, a nutricionista Patricia Davidson explica que sempre recomenda a ingestão do própolis aos pacientes e lista os motivos pelos quais o ingrediente deve fazer parte do dia a dia de todos:

1. O própolis possui propriedades antivirais, que diminuem os riscos de doenças.

2. A nutricionista ainda afirma que o própolis promove benefícios à saúde por causa de sua potente ação anti-inflamatória.

3. O própolis auxilia nos cuidados com a imunidade. Estudos sobre o ingrediente, realizados pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), indicam que a resina contribui com o sistema imunológico, ativando os anticorpos e ajudando-os a reconhecer melhor os micro-organismos maléficos.

4. Fonte de compostos fitoquímicos, o própolis ajuda na proteção do coração e dos vasos sanguíneos, auxiliando na prevenção de doenças cardiovasculares.

5. De acordo com a especialista, o própolis também ajuda no controle do diabetes por favorecer a modulação da glicemia.

6. O própolis contribui para melhorar a sensibilidade das células à insulina, sendo benéfico em quadros de resistência insulínica, síndrome metabólica e Síndrome dos Ovários Policísticos.

7. Se ingerido à noite, o própolis ainda contribui para a melhor qualidade do sono, diz a nutricionista.

8. A resina possui ação antialérgica, ajudando na melhora e até na prevenção de crises e quadros como rinite e asma. Sua ação antibacteriana é especialmente forte contra as bactérias que costumam causar as inflamações na garganta, segundo um estudo brasileiro.

9. O própolis também tem a capacidade de melhorar o perfil lipídico, reduzindo o colesterol LDL, o chamado “colesterol ruim”.

10. Por fim, a especialista aponta que o própolis possui ação antioxidante, que protege as células contra a ação dos radicais livres e o envelhecimento precoce.

Como consumir o própolis?

A nutricionista ressalta que o própolis deve ser consumido com orientação de um profissional, com base em necessidades individuais de cada paciente. Para adultos, geralmente recomenda-se diluir 10 até 30 gotas do própolis em água pela manhã em jejum ou à noite, antes de dormir. O produto não é recomendado para gestantes e crianças menores 1 ano.

O ideal é ingerir o própolis mais próximo de sua composição natural. Um dos mais conhecidos por sua eficácia é o própolis verde, que possui uma aparência esverdeada e sabor forte. Esse tipo se destaca por ter um composto único, o Artepilin C, que tem um efeito anticancerígeno e antitumoral.

O própolis pode ser encontrado em apiários, lojas de produtos naturais, farmácias, entre outros estabelecimentos do tipo. Na hora da compra é fundamental verificar o rótulo da embalagem e checar se há selos de agências regulatórias, como a Agência Nacional de Vigiância Sanitária (Anvisa) e o Ministério da Agricultura.

Por que você deve consumir própolis

Própolis cura dor de garganta e até gripe, mas precisa usar do jeito certo
Ciência provou que o própolis é remédio potente para dor de garganta
Própolis é antibiótico, anti-inflamatório, faz bem para o fígado e mais

Própolis cura dor de garganta e até gripe, mas precisa usar do jeito certo: aprenda

Ao pegar uma gripe ou ser surpreendido por uma dor de garganta, certamente você já ouviu que o própolis poderia ajudar a amenizar os quadros. De fato, muitas pesquisas já demonstraram a eficácia do própolis contra vírus, bactérias e fundos, mas como ele deve ser usado? E como esse ingrediente mágico age no nosso corpo?

Própolis: remédio natural

O própolis é uma resina extraída por abelhas de fontes de origem vegetal, como as plantas, para ser utilizado na cobertura e proteção de suas colmeias. Para os humanos, o ingrediente é age como um excelente antibiótico natural, que fortalece o sistema imunológico e, por isso, funciona bem no combate à gripes e resfriados.

Qual consumir?

O ideal é ingerir o própolis mais próximo de sua composição natural. Um dos mais conhecidos por sua eficácia é o própolis verde, originário do Brasil mesmo. Com uma aparência esverdeada e sabor forte, esse tipo de própolis se destaca por ter um composto único, o Artepilin C, que, segundo várias pesquisas, tem um efeito anticancerígeno e antitumoral.

Para quem opta por tomar o extrato de própolis, a indicação é ingerir 15 gotas em jejum. O exagero, nesse caso, pode tornar o organismo acostumado à substância, diminuindo sua ação.

Benefícios do própolis

Equilibra a pressão arterial
Fortalece e ativa o sistema imunológico
Combate infecções nas vias aéreas
Tem propriedades anti-inflamatórias e analgésicas que aliviam as dores
Tem um alto poder antibiótico, sem alterar a flora intestinal
É um cicatrizante natural, podendo ser utilizado de maneira tópica sobre queimaduras e feridas
Previne as cáries, as aftas bucais e os abscessos dentais
Melhora o sistema circulatório e a saúde do coração.
Equilibra os níveis de açúcar no sangue.
Tem um alto poder antioxidante, pois contém flavonoides.
Como tomar própolis?
O própolis pode ser tomado de forma preventiva, para o fortalecimento contínuo do sistema imunológico. Nesses casos o ideal é tomar 5 gotas em jejum diariamente – balas de própolis e outros produtos similares também são válidos.

Outra utilização do própolis é durante os primeiros sintomas da gripe ou da dor de garganta. Nesse caso, o ideal é pingar 5 gotas por hora na garganta para combater o quadro. A medida em que vai melhorando, é possível reduzir para 5 gotas três vezes ao dia.