Uma família de Pinhalzinho, no Oeste catarinense, recebeu no feriado do Dia do Trabalhador, na quarta-feira (1º), a reforma da residência. A ação solidária faz parte do projeto voluntário “Leo Doce Lar”, criado em 2014.

Com o auxílio do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS, uma família foi escolhida para a reforma. A residência teve o telhado, a forração, a parte elétrica e a hidráulica trocadas.

Durante o feriado, cerca de 40 voluntários do projeto realizaram a parte de limpeza, pintura e instalação de móveis. O grupo trabalhou por mais de dez horas. Os primeiros consertos foram feitos ainda em abril.

Fabiano Gonçalves mora na residência com a mãe, a companheira e os três filhos. Ele conta a emoção de ser contemplado com o projeto.

“A gente trabalha a vida inteira, mas nós não tinha dinheiro pra reforma, né? Quando eles chegaram eu dei graças a Deus porque foi uma ajuda vinda do céu pra nós”, agradece Gonçalves.

Segundo o presidente do grupo que fez a reforma, Lucas Bassani, esta foi a terceira casa beneficiada pelo projeto, que conta com parceria feita com fábricas, lojas, cooperativas e moradores da cidade para adquirir os itens.

“Ver o sorriso da família que vai ser contemplada com a reforma paga tudo isso” conta Lucas. A ideia do grupo é realizar uma reforma por ano.

O filho do casal, Júlio Gonçalves, fala emocionado sobre as melhorias no local. “É felicidade e é um sonho pra todos nós que moramos aqui. Eu nunca pensei que o nosso sonho ia se realizar”, afirma.

Interessados em fazer parte do projeto podem entrar em contato com o grupo por meio das redes sociais e a idade mínima para participar é 18 anos.