Projeto que permite ceder servidores da linha de frente ao Hospital Santa Teresinha (HST) foi enviado nesta terça-feira (30), para o Legislativo de Braço do Norte. A solicitação de uma sessão extraordinária para a apreciação, em regime de urgência, do Projeto de Lei Ordinário nº 07, foi feita pelo prefeito Beto Kuerten Marcelino.

Conforme o prefeito, o projeto autoriza o poder executivo, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, ceder servidores ao HST, de Braço do Norte. A intenção, é que o município possa ceder, enquanto durar a pandemia de Covid-19, técnicos de enfermagem, farmacêuticos, enfermeiros e médicos, admitidos de forma permanente ou temporária, na forma de cooperação, para o enfrentamento da linha de frente no combate ao coronavírus.

“Sabemos que estamos no pior momento da pandemia até agora, os profissionais de linha de frente da saúde estão cansados e está cada dia mais difícil achar profissionais para auxiliar no enfrentamento. Esta é uma das medidas a serem tomadas para ajudar no combate da pandemia”, justificou o prefeito.

Beto acredita que os vereadores, cientes da urgência, aprovarão o Projeto de Lei. “Os vereadores são tão sensíveis às demandas do hospital quanto o executivo e é assim, unindo forças, que traçaremos os melhores caminhos no combate à pandemia”.

Na ocasião o prefeito agradeceu todo o esforço feito pelos profissionais de saúde. “Esses verdadeiros guerreiros estão há mais um ano trabalhando quase que ininterruptamente para preservar a nossa saúde. Uma das formas de homenagear esses profissionais é respeitando e valorizando seu trabalho, seguindo os protocolos de higienização, usando máscara e preservando o distanciamento social”, encerrou.

 

Fonte: Governo de BN

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul