Projeto do Pronto Atendimento 24 horas ficou pronto em 2009
Projeto do Pronto Atendimento 24 horas ficou pronto em 2009

Zahyra Mattar
Tubarão

 
Bem que o prefeito de Tubarão, Manoel Bertoncini (PSDB), disse que faria o Pronto Atendimento 24 horas este ano. E ele é bom de projeção. O projeto físico da estrutura está pronto e aprovado pela Caixa Econômica Federal.
 
Agora é analisar as questões que envolvem orçamento. Esta é uma parte altamente criteriosa e a Caixa é bem exigente. Mas nada que o secretário de planejamento, Edvan Nunes, não resolva.
 
Edvan foi designado pelo prefeito no ano passado para se dedicar a este projeto. Ele e o secretário de saúde, Roger Augusto Vieira e Silva. No ano passado, o engenheiro que analisava o projeto teve um problema de saúde e afastou-se.
 
A nova engenheira precisou revisar tudo, desde o começo. Mesmo com este contratempo, o projeto físico foi aprovado. No dia 23 de dezembro, a Caixa fez as solicitações referentes ao orçamento.
 
Os documentos já são providenciados e devem ser repassados pela empresa que assina o projeto, a Madrigano Hospitalar, de Blumenau, até a próxima segunda-feira.
 
Detalhes da obra
♦ A unidade de Pronto Atendimento 24 horas de Tubarão será edificada na rua Januário Alves Garcia, onde hoje funciona a oficina da secretaria de desenvolvimento urbano da prefeitura. O terreno tem 2.9977,55 metros quadrados.
♦ A obra está orçada em aproximadamente R$ 3 milhões. Parte deste recurso (R$ 1,050 milhão) está garantida pelo Ministério da Saúde desde o ano passado. O restante será financiado pelo governo do estado. A parte da prefeitura diz respeito à disponibilização do terreno, cujo valor estimado é superior a R$ 1 milhão.
♦ Para equipar a unidade, a prefeitura terá que desembolsar mais R$ 350 mil e outros R$ 100 mil mensais são necessários para manter o local aberto.
♦ É prevista a contratação de, no mínimo, dois médicos por plantão: um clínico geral e um pediatra. Em um primeiro momento, serão implantados seis leitos, mas o número pode ser ampliado para oito. O espaço também abrigará a base do Samu.
♦ O primeiro piso do prédio terá uma área de 887,48 metros quadrados, enquanto o segundo será de 378 metros quadrados.
♦ O PA 24 horas será destinado para atendimentos ambulatoriais e de pequena gravidade. As urgências e emergências continuarão a ser encaminhadas para o Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC). 
♦ O local atenderá também pessoas de outras cidades da região, justamente com o intuito de desafogar a emergência do HNSC. Para isso, a prefeitura de Tubarão irá propor uma espécie de parceria ou consórcio com outras administrações para que auxiliem no pagamento das despesas.