#PraCegoVer Na foto, dois homens cortar a vegetação às margens de uma estrada de chão batido
Enquanto a obra não é concretizada, a coordenadoria de Manutenção de Estradas Rurais da Prefeitura continuará com os trabalhos de patrolamento e, se necessário, colocação de areão, para manter a estrada em boas condições de tráfego - Foto: Prefeitura de Tubarão | Divulgação

A equipe técnica de engenharia da Associação de Municípios da Região de Laguna (Amurel) finalizou o projeto da pavimentação da Estrada Geral do Rio do Pouso até a Barra do Norte, na divisa com São Ludgero. A obra tem custo total previsto em 6,9 milhões. Os recursos, conforme já ventilou o prefeito Joares Ponticelli no começo de fevereiro, podem sair do Plano 1000, do Governo do Estado, ou do Proinfra 2, do próprio município. Com a finalização do projeto, a prefeitura poderá lançar a licitação. Não há uma data parta isso ainda, mas existe a possibilidade de que isso seja feito ainda neste semestre.

O primeiro lote da obra vai do limite entre Tubarão e São Ludgero até o entroncamento com a Ponte Baixa. Este trecho tem uma extensão de 1.903,33 metros e o asfaltamento tem custo estimado em R$ 3,7 milhões. O segundo trecho inicia no entrocamento da Ponte Baixa até a pavimentação já existente na comunidade do Rio do Pouso. Este trecho tem 1.794,47 metros e previsão de custo de R$ 3,2 milhões. Enquanto a obra não é concretizada, a coordenadoria de Manutenção de Estradas Rurais da Prefeitura continuará com os trabalhos de patrolamento e, se necessário, colocação de areão, para manter a estrada em boas condições de tráfego. 

Trecho de São Ludgero já está pavimentado
Toda a extensão da Estrada Geral do Rio do Pouso, como é conhecida em Tubarão, ou Estrada Geral da Barra do Norte, como é chamada do lado de São Ludgero, foi aberta na base do facão, da foice e do machado pelo padre Roher e colonizadores alemães fechados na Colônia de Teresópolis, em 1870. Mais de 150 anos depois, a parte do município vizinho está asfaltada. O trabalho foi inaugurado no dia 28 de janeiro deste ano pelo governador Carlos Moisés.

Do lado de lá, a estrada tem grande importância para os pequenos agricultores e pecuaristas de todo o Vale do Braço do Norte, que agora têm um caminho seguro e mais curto para transportar suas produções. O investimento do Governo do Estado foi de R$ 3 milhões para pavimentar o trecho de 8,5 quilômetros. Com a estrada boa, a distância até Tubarão é 13 quilômetros menor do que pelo caminho tradicional, a SC-370.

Fonte: Amurel
Edição: Zahyra Mattar | Notisul

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul