São Ludgero

A construção de uma Usina Hidrelétrica no Rio Braço do Norte, próximo à comunidade de km2, em São Ludgero, movimentou o município nos últimos dias. A obra é um investimento da Usina Geradora de Energia São Ludgero, empresa ligada à Havan. O assunto foi levantado pelo vereador Silvio Fuchter (DEM) e agora o prefeito Ademir Gesing (PMDB), o Gogo, solicitará uma audiência pública para debater o projeto.

A polêmica sobre o investimento é referente ao volume de água que permanecerá no rio. No projeto, aprovado pela Fatma, cerca de 70% da água que hoje corta os cinco quilômetros dentro do município devem ser desviados.
Para analisar e sanar dúvidas, o legislativo enviou um ofício à Fatma, onde solicita a presença de técnicos do órgão ambiental e da empresa para que exponham o projeto na câmara.

O Grupo Havan investe R$ 90 milhões em cinco usinas no Rio Braço do Norte. A primeira, localizada no município de Rio Fortuna, entra em funcionamento no fim deste mês. A assessoria da empresa diz que o grupo segue todas as normas ambientais e que, além de gerar energia de forma limpa, oportunizará aumento na arrecadação de todos os municípios afetados pelas obras.