Tubarão

Neste sexta-feira (5) será um dia diferente em Tubarão. Isso porque o projeto João 3:16  realizará o primeiro pedágio solidário deste ano em prol à Casa de Apoio. A ação tem como objetivo auxiliar na manutenção da casa de apoio do projeto, além das diversas atividades desenvolvidas como: serviço social com as famílias em condições de hipossuficiência, apoio a casa lar, trabalhos com a escolinha de futebol ou futsal e também com moradores em situação de rua.

Voluntários do projeto estarão espalhados por dois semáforos da Cidade Azul e irão trabalhar ao longo da manhã. Conforme um dos idealizadores da Casa de Apoio e do projeto, João Guilherme Lopes, é importante que todos colaborem com a ação. “Esta iniciativa ajudará a contribuir com o Projeto João 3:16. A contribuição financeira das pessoas que passarão pelos semáforos será muito importante para a continuidade dos trabalhos, porém quem não puder colaborar com algum valor em dinheiro, que nos auxilie com um sorriso. Isso é essencial para que possamos nos manter motivados”, afirma João Guilherme.

O trabalho social dos jovens, João Guilherme Lopes Pacheco, 23 anos, e Jean Defreyn, 21, teve início há seis anos. Eles idealizaram o Projeto 3:16, que leva, além do alimento para os moradores de rua do município, uma nova perspectiva de vida. No último dia 24, eles, os voluntários e outras pessoas que colaboram com a ação comemoraram os 6 anos do projeto. “Temos muitas ações para colocar em prática neste ano. O nosso objetivo é sempre resgatar a dignidade dos moradores de rua, das pessoas necessitadas e oferecer a eles novas oportunidades de vida”, expõe.

O Projeto 3:16 conta com 25 voluntários e é mantido pela Igreja Assembleia de Deus Independente (ADI), com o apoio de empresários e comunidade geral. De acordo com João Guilherme, a iniciativa também acolhe as crianças mais necessitadas da região e realiza ações de impacto nos bairros. O lar de apoio às pessoas em situação de rua e às famílias em vulnerabilidade social está localizado na rua Bernardino Silva, 86, no bairro Monte Castelo, em Tubarão. Para colaborar, as pessoas podem contatar João Guilherme pelo número (48) 99900-4804.