Empresas que visualizam potencial para melhorias e crescimento participarão do lançamento do programa de Gestão de Indicadores e Resultados, realizado a partir das 8h30min na Acit.

Tubarão

Voltado para empresas que buscam crescimento e melhores resultados por meio de modelos avançados de gestão empresarial, o Programa de Gestão de Indicadores e Resultados (GIR), do Sebrae/SC, será lançado hoje em Tubarão, às 8h30min, na Associação Empresarial de Tubarão (Acit), com a palestra “os desafios da gestão”.

De acordo com o analista da Coordenação Regional Sul do Sebrae/SC, João Alexandre Guze, trata-se de um programa completo e inovador que trabalha com gestão atualizada para empresas. “Trabalhamos com planejamento. O gestor aponta o que deseja melhorar ou de que forma gostaria de crescer e a empresa passa por um diagnóstico. A partir disso, elaboramos um plano de indicadores que mostram o que será necessário fazer para atingir os resultados esperados”, ressalta Guze.

O programa tem duração de 14 meses em um primeiro ciclo, o qual conta com todo o suporte do Sebrae/SC, sendo possível prorrogá-lo por mais 12 meses após uma reavaliação.

O responsável pelo atendimento individual na unidade do Sebrae/SC em Tubarão, Alexandre Debiasi Cascaes, destaca que o GIR é voltado para empresas de pequeno e médio porte de qualquer setor. “São empresas bem estruturadas que possuem departamentos bem definidos e pessoas encarregadas para cada um deles. Essas pessoas também serão envolvidas juntamente com os gestores principais e os sócios proprietários, já que grande parte do programa acontece dentro da empresa, por meio de consultorias com nossos especialistas”, reforça Cascaes.

O programa
As empresas aprovadas para o GIR recebem do Sebrae/SC um consultor-padrinho, o qual acompanha todo o processo ao longo dos 14 meses nas questões de planejamento estratégico e indicador de resultados. Elas também contam com consultores especialistas nas quatro principais áreas do programa: finanças, marketing e vendas, processos e recursos humanos. O programa conta ainda com capacitações através de workshops e encontros empresariais para a troca de experiências e informações. “O perfil para o GIR são empresas bem estruturadas que percebem que têm potencial para melhorar e crescer, não necessariamente o negócio precisa estar passando por algum problema para poder participar do programa”, complementa Guze.