Com a presença do ministro da Educação Milton Ribeiro, senador, deputados e muitos profissionais da área da Educação foi lançado oficialmente na manhã desta terça-feira (22), em Tubarão, o Programa de Educação Financeira na Escola, que tem por objetivo oferecer aos professores cursos gratuitos de formação em educação financeira, de modo a levar o tema a milhões de estudantes pelo país.

Em fevereiro, Tubarão se tornou a primeira cidade do Brasil a se habilitar ao Programa Municipal de Educação Financeira e Fiscal, que vai beneficiar, em um primeiro momento, estudantes do Ensino Fundamental e Médio. A iniciativa será coordenada pela secretaria da Fazenda, em conjunto com a Coordenadoria do Núcleo Referência de Educação Financeira Sul da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), vinculada ao Ministério da Economia, sob a orientação pedagógica da Fundação Municipal de Educação e da Coordenadoria Regional de Educação (CRE).

O secretário da Fazenda, Raphael Bianchini, lembra que a idealização do programa vai amenizar um problema detectado há anos pelos servidores da pasta. “Durante o atendimento do contribuinte são frequentes as situações que deixam transparecer a falta de conhecimento para tratar questões financeiras, o que acaba agravando a condição econômica e social, com reflexos, inclusive, na relação com o fisco. Por isso, os técnicos da Fazenda tinham um grande desejo de levar à população conhecimento capaz de melhorar a compreensão sobre conceitos e produtos financeiros, para promover a cidadania.”

O programa lançado pelo Ministério da Educação, em parceria com a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), em 2021, atendeu perfeitamente aos anseios do município, por isso, destaca o prefeito Joares Ponticelli, desde o primeiro momento colocamos nossa cidade à disposição para participar. “Acreditamos que a transformação de uma sociedade se dá efetivamente pela educação. Muitas famílias não tiveram a oportunidade de aprender como lidar com o dinheiro e, com esse programa, esperamos que os filhos sejam os agentes transformadores e repassem essas informações às suas famílias, para que possam se organizar financeiramente, fazer um planejamento familiar e, assim, ajudá-las de alguma maneira, dando a elas um pouco mais de dignidade”, almeja o prefeito.

Referência – Tubarão é o primeiro Centro de Referência em educação financeira do país, já que foi a primeira cidade a concluir todos os procedimentos para participar da iniciativa, realizando o lançamento com a apresentação da Lei Municipal que regulamenta o Programa Municipal de Educação Financeira e Fiscal com os parceiros definidos para o calendário de 2022 em regime de colaboração. Os outros Núcleos de Referência de Educação Financeira da CVM serão instalados em Maringá, Belo Horizonte, João Pessoa, Manaus, Porto Alegre e Rio de Janeiro.

O programa – o Programa de Educação Financeira na Escola é uma iniciativa da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e Ministério da Educação (MEC). O primeiro passo do programa será a preparação dos professores, por meio de plataformas de Educação a Distância (EAD).

Em âmbito nacional, com a mobilização do trabalho e o planejamento das seis cidades Núcleo a CVM espera, em três anos, capacitar 500 mil professores para atender 25 milhões de alunos da rede básica pública e privada do Brasil. Serão oferecidos cursos gratuitos para professores em educação financeira, mas o programa também prevê a extensão, letramento digital, programação e uma série de outras disciplinas ligadas às novas tecnologias financeiras bem em linha com a vocação de Tubarão, uma cidade inovadora e referência na atividade educacional.

O programa será gratuito e as ações práticas desenvolvidas em escolas do Ensino Fundamental e Médio, Educação de Jovens e Adultos (EJA) e também Ensino Superior. As aulas de Educação Financeira e Fiscal para os estudantes serão preparadas por entidades parceiras que já manifestaram interesse em participar do programa, como o Instituto Ânima, a Unisul e a SENACON – MJ.

A secretaria de Estado da Educação, o Conselho Estadual de Educação, a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME), a União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação (UNCME) apoiam o programa na mobilização das redes de ensino, incentivando os professores a realizarem o percurso formativo a cada calendário letivo. O programa contará com a participação da Unisul, com um ônibus sala de aula que terá programação disponibilizada para Tubarão e região.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: Governo de Tubarão