O programa de bolsas de estudo para cursos de graduação Tubarão+Educação, foi apresentado nesta quinta-feira (14) pelo município. A iniciativa busca dar oportunidades de estudo, em instituição de nível superior com sede em Tubarão, às pessoas que buscam uma profissão por meio de uma graduação.

Os interessados precisam cumprir requisitos como residir no município, não ter diploma de graduação e fazer parte de família que tenha renda total de até três salários-mínimos ou renda per capita de meio salário-mínimo. Todos os conceitos do Tubarão+Educação estão na Lei 5.551 de 28 de setembro de 2021, aprovada pela Câmara de Vereadores e sancionada pelo prefeito Joares Ponticelli.

“Temos feito grandes investimentos na Educação, o principal deles o zeramento da fila de espera por uma vaga nas creches. Hoje estamos dando mais uma grande passo para que mais pessoas possam ter a oportunidade de acesso ao ensino superior. Somente assim, pela Educação, que vamos conseguir fazer o mundo bem melhor do que é hoje”, destacou o prefeito.

A coordenação do programa ficará a cargo de uma comissão que será formada por pessoas a serem indicadas por diversas secretarias da prefeitura, da Câmara de Vereadores e de instituições de ensino superior.

A formatação final do programa, inclusive questões orçamentárias, será feita nas próximas semanas para que a concessão das bolsas sejam iniciadas no início de 2022. A inscrição dos candidatos será regulada por edital público, o qual conterá os prazos e procedimentos para adesão do cidadão ao Tubarão+Educação.

O evento teve a presença dos membros do Conselho Estadual de Educação (CEE) Raimundo Zumblick, Salésio Herdt e Felipe Felisbino, do presidente do CEE Osvaldir Ramos, do presidente da Câmara de Vereadores Nilton de Campos, do reitor da Unisul Mauri Heerdt, do diretor-presidente da Fundação Municipal de Educação Maurício da Silva, além de vereadores e da imprensa.

 

Entre em nosso grupo do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: Pref. de Tubarão