Estudantes com idades entre 12 a 16 anos, dos ensinos fundamental e médio de Capivari de Baixo, poderão ser vereadores jovens. Na sessão desta segunda-feira (25), um Projeto de Decreto Legislativo que instaura a Câmara Jovem no município, foi apresentado pelo presidente da Casa Legislativa, Pedro Camilo, e também pelos vereadores Bia Alves e Elto Aguiar Ramos. A iniciativa existe há mais de 20 anos em diversos municípios de Santa Catarina. O projeto passará pelas comissões antes de ir para a votação no plenário.

O programa deverá ser implantado mediante a adesão das escolas municipais, estaduais e particulares, abrangendo os alunos adolescentes do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e do 1º ao 3º ano do Ensino Médio. Cada instituição de ensino terá no mínimo um representante na Câmara Jovem e para completar o mínimo de 11  vereadores jovens, se necessário, as escolas com maior número de alunos poderão ter mais de um representante.

A escolha dos legisladores jovens ficará a cargo de cada unidade participante, por meio de eleições escolares visando o surgimento de lideranças. O mandato dos parlamentares será de um ano letivo, e sua função será considerada de interesse educativo, participativo e não será remunerada.

De acordo com os legisladores, o projeto Câmara Jovem encontra ampla adesão pelas Câmaras Municipais do país, inclusive, praticado pela Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) e Câmara dos Deputados, no Congresso Federal, em Brasília, no Distrito Federal. Por isso, também há que destacar que na cidade termelétrica há um atraso por ainda não ter sido implantada essa iniciativa de cunho social, educativo e político.

O Câmara Jovem tem o intuito de ampliar e solidificar a participação política da juventude estudantil do município nas discussões de problemas sociais. Envolvendo as escolas e estudantes do município na elaboração de projetos de lei, vivenciando na prática o trabalho do vereador.

Durante o ano, a Câmara deverá oferecer aos jovens noções gerais sobre a estrutura administrativa do Município e conhecimento das atividades legislativas. Desta forma, proporcionará aos alunos informação sobre a função do vereador e o papel principal de um representante da população junto ao poder municipal.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotis

Fonte: Câmara de Capivari de Baixo