Foto: Wolfgang Rattay/Reuters

A prefeitura de Capivari de Baixo apura as informações sobre o primeiro caso confirmado de coronavírus na cidade. A confirmação veio no fim da noite desta segunda-feira (13) em meio à falta de comunicação entre o Município e o Estado, agora as autoridades locais de saúde correm para colher todas as informações sobre o paciente.

No começo da tarde desta segunda, o governador Carlos Moisés informou durante coletiva de imprensa que Capivari de Baixo estava na lista dos municípios com pelo menos 1 registro de coronavírus.

O problema é que a Secretaria de Saúde Municipal não foi comunicada com antecedência e divulgou o boletim diário sem nenhuma confirmação na cidade.

De acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura de Capivari de Baixo, o Lacen comunicou a Secretaria de Saúde às 23 horas desta segunda.

Na manhã desta terça-feira (14), a Secretaria de Saúde apurou que é uma mulher de 38 anos que trabalha como profissional da saúde em um hospital em Tubarão.

Ela sentiu sintomas como tosse, dor de garganta e febre e coletou material no dia 10 de março, no hospital onde trabalha.

A assessoria de imprensa também informou que a Secretaria de Saúde irá investigar se a paciente está internada ou isolada em casa, se o sintomas estão fortes ou leves, se recebe o tratamento adequado, quais lugares passou.

Enquanto isso, a Secretária de Saúde, Adriana Rufino, pede que a população saia de casa só se precisar e quando sair use máscara.

“Estou vendo as pessoas andarem na rua sem proteção nenhuma, ficam nas filas do comércio um perto do outro, mostram que não estão preocupados. Se continuar assim vamos ter que fechar muitos estabelecimentos da cidade”, alertou Adriana.