A Fundação Municipal de Saúde (FMS) promoveu na última semana uma ação para realizar os testes rápidos para pacientes que são acompanhados pelo Centro de Operações de Emergências Municipais em Saúde (COMES). No total, 533 pessoas foram testadas.

De acordo com os dados, cerca de 1,4 mil pessoas notificadas ainda não realizaram nenhum tipo de teste. A mobilização, então, aconteceu com esses pacientes que apresentaram sinais e sintomas da Covid-19 e que nunca foram testados.

Na quinta-feira (28), durante o período matutino e vespertino, cerca de 275 pessoas realizaram o teste, dentre elas 42 estavam positivadas, tanto para IgG, ou seja, o resultado aponta que as pessoas tiveram contato com o vírus, mas conseguiram se curar; quanto para IgM, que é quando o paciente está na fase aguda da doença.

Já na sexta-feira (29), também durante a manhã e à tarde, foram 258 pessoas testadas, sendo 46 resultados positivos, tanto para IgM, quanto para IgG.

O resultado da ação retrata um cenário anterior ao das iniciativas de prevenção tomadas pela cidade, de acordo com o diretor-presidente da FMS, Daisson José Trevisol. “Nós percebemos que o andamento da doença no município está estável, mas estes testes apenas refletem os casos que aconteceram há mais de 15 dias e que foram notificados ao COEMS. Pedimos para a população, que continuem firmes nas medidas de higienização e de distanciamento social”, ressalta.

Casos confirmados

Desde o início da pandemia até esta segunda-feira (1), são mais de 230 tubaronenses que contraíram a doença. Destes, mais da metade são mulheres, representando 59.5%.

O objetivo é realizar a testagem rápida em todos os pacientes acompanhados pelo COEMS durante as próximas semanas. Novas datas serão divulgadas em breve.