#Pracegover Foto: na imagem há um homem de óculos e camiseta preta. Há também livros
#Pracegover Foto: na imagem há um homem de óculos e camiseta preta. Há também livros

Qual seria o tema da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2020? Esse era o questionamento que boa parte dos estudantes faziam até este domingo (17) pela manhã. O professor de Língua Portuguesa de Tubarão, Maycon Viana, acertou o tema da redação com proposta de produção textual sobre ‘O Estigma Associado às Doenças Mentais na Sociedade Brasileira’.

Conforme Maycon, o tema era trabalhado em sala aula, em virtude da saúde mental das pessoas que estavam em suas casas trancafiadas por causa da Covid-19. “Pensei que haveria a possibilidade de ser um tema da prova de redação do Enem. Assim poderíamos trabalhar os repertórios socioculturais, os embasamentos teóricos na introdução, desenvolvimento e conclusão, os dados estatísticos que vieram nos textos motivadores colaboraram com os alunos na questão da depressão relacionados aos temas mentais. O filme Coringa ganhou o Oscar e deve ter sido muito utilizado pelos estudantes na citação. Era um tema que estava no topo da lista que pudessem cair no Enem de 2020/2021”, explica.

Por causa da pandemia do coronavírus, as aulas foram ministradas por meio de trabalho remoto e segundo Maycon, foi possível sintetizar melhor o conteúdo de redação porque material é extenso e desta forma, as aulas foram mais resumidas. “Trabalhamos mais com dicas e macetes, que é o que costumo ministrar nas aulas para memorização fica mais fácil. Para as aulas foram utilizados aplicativos diversos para os discentes estarem mais próximo do professor. Acredito que os meus alunos tenham um resultado bastante positivo por termos trabalhado este tema de forma remota”, pontua.

Formado em Letras desde 2015, Maycon explica que tem procurado se especializar em redação. “Percebi que é um nicho de mercado bastante interessante. A redação associa muito com a questão do aluo poder interpretar aquilo que vai escrever e não somente a questão escrita, mas também a atualidade, a leitura de livros e jornais. Fazer com que o discente possa se atualizar por meio das redes sociais e aumentar a questão da leitura e associar com a literatura lá de Machado de Assis com a contemporânea que entra youtubers e também autores consagrados como Augusto Cury”, finaliza.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul