Ser professor é consumir horas e horas pensando em cada detalhe daquela aula, que mesmo ocorrendo todos os dias, é sempre única. Ser professor também é entrar cansado numa sala de aula e, diante da reação da classe, transformar esse cansaço em uma aventura maravilhosa de ensinar e também aprender.

A pedagoga Carine da Silva, de Capivari de Baixo, conta que desde muito nova já sabia que queria ter uma profissão que fosse fazer a diferença na vida das pessoas. “Meu sonho inicial era psicologia, queria trabalhar em alguma área de humanas, queria impactar, fazer a diferença. Foi chegando o momento de escolher uma profissão, o momento de ir atrás dos meus sonhos, mas o curso de psicologia se tornou algo distante para mim pela área e pelo campo de trabalho. Optei pela pedagogia, pois ali sabia que conseguiria estudar e atuar na área”, expõe.

Ela destaca que nesses 15 anos de profissão as palavras que têm mais feito parte da sua jornada é se reinventar, começar de novo, reaprender. “Além do amor pela profissão é necessária consciência do seu papel, que vai interferir diretamente na vida de outra pessoa”, assegura.

Carine pontua que os desafios são constantes na profissão. “Concordo que em tempos de pandemia ficou ainda mais em evidência, por termos que nos adaptar a uma situação nunca vivida anteriormente. Mas nós professores por vocação sabemos que mudar e nos adaptar é necessário o tempo todo. Seja por meio da área de atuação, cursos, metodologias, visões de vida. Ensinar exige coerência, e adaptação, sem acomodação. E muito muito amor”, finaliza.

Com o seu relato, Carine deixou exposto que ser professor não é simplesmente passar conhecimento, mas é um eterno aprendizado para que possa ser o melhor mestre possível para seus alunos. Não é algo feito apenas pela obrigação, mas sim originado do amor que tem pela profissão e pelos discentes que cativam e são cativados. Não há como se dedicar muito a uma função se ela também toma parte do seu coração. O prazer que existe em cumprir certas obrigações é o que diferencia um verdadeiro apaixonado. A vida do docente é uma servidão constante para moldar com carinho as mentes do futuro.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul