A CDL de Tubarão sediará o evento. Na reunião entre várias lideranças da Amurel e do Estado serão discutidas estratégias para o desenvolvimento do varejo, entre uma série de ações voltadas ao desenvolvimento da Grande Tubarão.

Tubarão

Para dar celeridade às demandas necessárias ao desenvolvimento do varejo e da sociedade, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Tubarão sediará na próxima terça-feira uma reunião entre as 23 CDLs da região. O evento está marcado para as 12 horas, na sede da entidade. Na pauta, assuntos importantes referentes à Região Metropolitana de Tubarão serão debatidos.

O encontro é organizado pela Federação das CDL/SC e reúne representantes do poder público e dirigentes do comércio para elaboração de uma pauta macrorregional com questões fundamentais e estratégicas para o setor terciário da economia que ainda este ano deverá ser encaminhada ao governo do Estado. As reuniões, que começaram por Chapecó e Joaçaba, contemplarão todas as 11 regiões Metropolitanas de Santa Catarina.

O projeto da FCDL/SC une lideranças na busca de soluções conjuntas para demandas antigas que não estão sendo atendidas. “A Federação percebeu que estávamos brigando pelas mesmas coisas, mas isolados, e, agora, a intenção é lutar com um grande grupo em torno dos mesmos objetivos” destaca o presidente da FCDL/SC, Ivan Tauffer.

Para o presidente da CDL de Tubarão, Luciano Menezes, a iniciativa otimiza as ações e leva as autoridades públicas para próximo das necessidades, mostrando a urgência das demandas.

Região Metropolitana de Tubarão foi reinstituída em 2010
Criada em 2002 e extinta em 2007, a região metropolitana de Tubarão foi reinstituída em novembro de 2010, com a sanção do projeto de lei complementar 52/09. Na prática, as regiões metropolitanas preveem tratamento diferenciado pelos governos na liberação de recursos públicos, por serem áreas com grande densidade demográfica.

Entre as vantagens, estão privilégios em financiamentos do governo federal, como o Minha Casa, Minha Vida, e também na telefonia. Por isso que os telefonemas entre as cidades no entorno de Tubarão passaram a ter custo de ligação local, sem a necessidade de DDD.

Também têm destaque o desenvolvimento regional planejado, turismo e saneamento básico regionalizado, parceria na destinação ordenada do lixo, consórcios e mobilidade urbana.

Região Metropolitana de Tubarão
A região compreende os municípios de Armazém, Braço do Norte, Capivari de Baixo, Garopaba, Grão-Pará, Gravatal, Imaruí, Imbituba, Jaguaruna, Laguna, Paulo Lopes, Pedras Grandes, Rio Fortuna, Sangão, Santa Rosa de Lima, São Ludgero, São Martinho, Treze de Maio e Tubarão.