#Pracegover Na foto, um salva-vidas na beira da praia observando os banhistas
Foto: Elvis Palma/ Divulgação/Notisul

O 8°Batalhão de Bombeiros Militar encerrou a temporada da Operação Veraneio no domingo e este ano não vai desativar todos os posto Guarda-Vidas. As principais praias de abrangência do 8ºBBM terão o serviço de Guarda-Vidas funcionando durante o ano inteiro, nos finais de semana e feriados. São elas: Praia do Mar Grosso, Farol e Cardoso, em Laguna; Praia da Vila e Praia do Rosa, em Imbituba; e Praia Central e Ferrugem, em Garopaba.

Para saber quais praias possuem os postos ativos o 8ºBBM orienta a população a baixar o aplicativo Praia Segura. “Recomendamos também sempre banhar-se próximo a um posto de guarda-vidas com o serviço”, dizem os socorristas.

Operação Veraneio

A Operação Veraneio na área do 8º BBM teve início em 17 de dezembro de 2020 e terminou no domingo. Durante esse período atuaram em média 200 Guarda-vidas Civis e Militares por dia, em 61 postos distribuídos em 36 praias. Foram empregadas 6 motoaquáticas, 3 quadriciclos, 2 botes infláveis e 1 embarcação de resgate.

Principais dados de ocorrências:
– Mortes por afogamento em local guarnecido (com serviço de guarda-vidas): durante a Operação foi registrado 1 (um) óbito ocorrido na Praia Central de Garopaba, no dia 16 de janeiro de 2021.

– Afogamentos com recuperação: na temporada foram atendidas 10 ocorrências de afogamento com recuperação nas praias do 8ºBBM.

– Arrastamentos: são salvamentos realizados pelos guarda-vidas quando a vítima é arrastada por uma corrente, mas sem afogamento. Nesta temporada houve uma diminuição de 6%, do número de arrastamentos, em comparação com o ano anterior. Nesta temporada foram 315 arrastamentos, contra 341 na temporada 2019-2020.

– Embarcações a deriva: nessa temporada foram atendidas 8 ocorrências dessa natureza.

– Ocorrências com Água-Viva: Um dos diferenciais dessa Operação Veraneio foi a diminuição significativa do número de ocorrências de queimaduras causadas por águas-vivas. Na temporada 2019/2020 foram 8.628 ocorrências, já em 2020/2021 foram 316 ocorrências.