A primeira morte de paciente positivado para a Covid-19 ocorreu hoje (1) no município de São Martinho. A vítima, de 58 anos, fazia parte do grupo de risco, pois tinha diagnóstico de doença crônica pulmonar e hipertensão.

O homem procurou o Hospital São José no último dia 28, com mais de 10 dias com sintomas de tosse e falta de ar. No dia seguinte, foi transferido para o Hospital Santa Teresinha, em Braço do Norte, mas veio a óbito na madrugada desta quarta-feira (1).

A administração do município esclarece que familiares da vítima integram o quadro de servidores da prefeitura. Por essa razão, foram testados e positivados para o novo coronavírus na última segunda-feira (29). Imediatamente foram afastados de suas funções e orientados pela Vigilância Epidemiológica.

Com os riscos de contaminação, a administração suspendeu todos os trabalhos internos, bem como os atendimentos presenciais na sede da prefeitura e na sede das Secretarias de Infraestrutura e Agricultura (garagem municipal), liberando seus servidores, para que a sanitização fosse realizada em todos os ambientes.

Ao mesmo tempo em que uma empresa terceirizada desinfetava os prédios públicos, uma força-tarefa entre a Secretaria de Saúde, Saneamento e Vigilância Epidemiológica Municipal testou em massa os trabalhadores públicos para a Covid-19.

A testagem dos servidores foi extremamente necessária porque muitos tiveram resultado positivo para o vírus e poderiam contaminar outras pessoas. Todos foram afastados temporariamente. Eles vão ficar em isolamento domiciliar até alta médica.

Diante do elevado número de casos confirmados do vírus na cidade, muitos deles agentes públicos, o prefeito Robson Jean Back manterá os atendimentos e atividades presenciais, nas sedes já citadas, suspensos até o dia 5 de julho.

Números atualizados

Nesta quarta-feira (1), a cidade fechou o dia com 10 casos suspeitos, 47 em monitoramento, 35 pacientes positivados para Covid-19 e um óbito. Desde o início da pandemia 65 notificações já foram descartadas e seis pessoas se recuperaram da doença.