Florianópolis

Representando os 18 municípios da Amurel, o prefeito de Braço do Norte, Beto Kuerten Marcelino, participou nesta terça-feira (19) à tarde, do primeiro encontro com o governador do Estado, Carlos Moisés da Silva. A reunião também contou com a presença do secretário da Casa Civil, Douglas Borba, do presidente da Fecam, Joares Ponticelli, e demais presidentes de associações do Estado de Santa Catarina.

Na pauta estava a solicitação de uma resposta mais rápida no que se refere à manutenção e conservação das rodovias estaduais. “Inclusive justificamos com o governador que os municípios, em um gesto de boa vontade e compreensão devido ao início da gestão, têm feito reparos emergenciais, porém, aguardamos uma atitude rápida e objetiva do Governo do Estado”, enfatizou. Sinalizando a celeridade, uma nova reunião está marcada para o próximo dia 4, para cuidar especificamente deste tema.

Segundo Beto, o Governo do Estado também se comprometeu a honrar o pagamento dos convênios em andamento. São 108 convênios, no valor aproximado de R$ 65 milhões, os quais Braço do Norte tem participação de mais de R$ 4,1 milhões, com a ponte que liga o Centro ao Bairro Lado da União e a continuidade da pavimentação da Rua José Theodoro Heideman, no Baixo Pinheiral. O chefe do Poder Executivo de Santa Catarina também confirmou o pagamento das emendas impositivas relacionadas em 2018.

Outro assunto debatido foi a mudança na forma de tramitação administrativa dos convênios do Estado com os municípios. “As associações de municípios, como a Amurel, terão papel ainda maior na interlocução com o Estado. Serão fundamentais, já que foram colocadas à disposição para abrigar os servidores do Estado que realizam a parte burocrática dos convênios juntamente com as equipes das associações, dando o aporte necessário aos municípios”, comemorou Beto.

Para ele, com a ausência das ADRs, há um temor de que o Governo do Estado se distancie dos municípios. “Foi uma reunião muito produtiva e realizada na busca de estreitar os laços entre os municípios e o Governo do Estado, que não podem perder o vínculo. Isso será benéfico para toda a população”, encerrou o prefeito.