Depois de muito testar e comprovar a eficácia, o teste rápido para detecção do coronavírus no organismo humano foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A praticidade e a rapidez foram as palavras chaves para que essa nova forma de comprovação do vírus fosse adquirida pela Fundação Municipal de Saúde (FMS). 

Nesta quinta-feira (26), foram comprados dois mil testes e a previsão é de que cheguem em até 15 dias. Com a nova recomendação do Ministério da Saúde, de fazer exames laboratoriais apenas em casos graves de suspeita de coronavírus, é difícil ter a real dimensão da doença.

“Então foi determinado para a Fundação de Saúde a aquisição destes testes para nós termos uma verdadeira avaliação da situação aqui no nosso município. Inclusive, também realizar a avaliação dos nossos próprios servidores, que estão na linha de frente”, salienta o prefeito Joares Ponticelli.