Angelica Brunatto
Capivari de Baixo
 
O prefeito de Capivari de Baixo, Luiz Carlos Brunel Alves, continua à espera de representantes da italiana Cimolai. Ele deu mais um passo para atrair a empresa ao município. Brunel enviou ao gabinete do deputado estadual Manoel Mota (PMDB) um mapa mostrando a localização dos terrenos, que estão às margens da BR-101. 
 
O prefeito já tem em vista um terreno, no bairro Estiva, e pretende ir  hoje a Criciúma para iniciar as tratativas com o proprietário da área. “Queremos ampliar a área industrial de Capivari de Baixo”, revela Brunel. Na semana passada, o prefeito anunciou que a cidade teria três terrenos disponíveis, já prontos, para apresentar à italiana. 
 
Todos os espaços estão próximos à BR-101. Pertencem à Celesc, Cocalite e Companhia Siderúrgica Nacional (CSN). As terras variam de 20 a 300 hectares. Por enquanto, não há datas definidas, e o prefeito ainda aguarda uma resposta. A proposta de Brunel veio após o anúncio oficial de que a empresa não se instalaria mais em Tubarão. 
 
Também há tratativas entre a italiana e a Santos Brasil, para instalação em Imbituba. A área, às margens da BR-101, já foi visitada por técnicos. A Cimolai quer estar com a linha de produção ativada no começo do próximo ano.