#Pracegover Na foto, um leito hospitalar com equipamentos de UTI
Foto: Reprodução Internet

A Prefeitura de Braço do Norte e o Hospital Santa Teresinha assinaram o termo de convênio de R$ 2 milhões para a ampliação do HST que abrigará os leitos de UTI. A solenidade ocorreu na manhã desta quinta-feira, 21, no auditório do Siscoob.

No evento participaram o Prefeito Beto Kuerten, o deputado federal Ricardo Guidi, o vice-prefeito, Ronaldo Fornazza e do presidente do HST Pedro Michels Neto.

No ato, o prefeito lançou um desafio para que a construção seja realizada o mais breve possível. “A saúde tem pressa, a região tem pressa, precisamos acelerar a obra, que só será iniciada quando todos os recursos estiverem garantidos. Caso haja a contribuição dos municípios vizinhos e a contribuição da Cerbranorte, o Município de Braço do Norte destinará, de recursos próprios, mais R$ 1 milhão”, garantiu.

Já o vice-prefeito, Ronaldo Fornazza, salientou a importância da unidade para a realização de grandes obras. “Somos muito gratos por poder participar deste momento de grande mudança do Hospital Santa Teresinha, com esta nova diretoria e, principalmente, com o seu Camilo Alberton, que nos deixou um grande legado de responsabilidade”, encerrou.

Beto agradeceu a presença de prefeitos, vice-prefeitos, secretários de Saúde e vereadores de Grão-Pará, Rio Fortuna, Santa Rosa de Lima, Armazém, São Martinho, Gravatal e São Ludgero, do presidente do Siscoob (Credivale), Ivonir Buss, e dos vereadores de Braço do Norte Nívea Willemann Rocha, Allan Lopes Prudêncio, Elton Heidemann, Marcos Vieira e Reginaldo Demétrio.

Os filhos do ex-presidente, Camilo Alberton, Schirley e Marcelo, também participaram da solenidade. A solicitação do prefeito é que, depois de pronta, a nova ala com leitos de UTI receba o nome de Camilo Alberton.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul