O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), veio a óbito às 8h20 deste domingo (16), vítima de câncer. Desde 2019, Covas enfrentava a doença, descoberta inicialmente no trato digestivo, mas a doença se espalhou para o fígado e ossos.

A notícia da morte foi confirmada em nota esta manhã. Covas estava com 41 anos e seu quadro de saúde era considerado irreversível, desde sexta-feira (14), conforme informado pela equipe de médicos do Hospital Sírio-Libanês, onde esteve internado desde 2 de maio.

Segundo o boletim médico do Sírio-Libanês, a morte ocorreu por conta de um câncer da transição esôfago gástrica, com metástase ao diagnóstico, e suas complicações após longo período de tratamento.

O prefeito, que era divorciado e deixa um filho, Tomás Covas, de 15 anos.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul