O prefeito de Nova Veneza, Rogério Frigo, anunciou nesta quinta-feira, 17, cortes em seu salário e do vice-prefeito em 30%. Já para os secretários e comissionados, a redução será de 20%, além das gratificações para os próximos dois meses.

Os vereadores também irão reduzir os salários em 30%. A medida é um plano de contenção de gastos devido à crise econômica provocada pela pandemia do novo coronavírus.

“Nós decidimos que nos próximos dois meses teremos redução de 30% no salário de prefeito e vice, além de 20% para os secretários, os comissionados e as gratificações. Antes de repassar à Câmara de Vereadores, reuni os vereadores para explanar os números da atual situação do município e as medidas que seriam tomadas”, disse o prefeito.