Tubarão

O prefeito licenciado de Tubarão, Manoel Bertoncini (PSDB), decidiu adiar a sua volta ao cargo em até 15 dias. Manoel recupera-se de vários problemas de saúde, entre eles uma cirurgia, e ainda continua o tratamento contra um câncer de pulmão descoberto em 2008, logo após a eleição. Ele concedeu uma entrevista coletiva na manhã de sábado justamente para falar sobre os seus planos. Inclusive, até já cogita uma possível reeleição.

“Continuo o tratamento contra o câncer. É um tratamento longo, mas que não me impede de continuar a exercer o mandato. Quando iniciei, há quase três anos, me foi dito que eu tinha seis meses de vida. Então, estou no lucro (risos)”, brinca o prefeito.
No último mês, ele foi internado no Hospital Socimed, em Tubarão, para se tratar de uma pneumonia. Manoel recorda que contraiu a doença após visitar o local onde são desenvolvidas as atividades do Projeto Navegar, no Rio Tubarão, após uma sessão de quimioterapia.

“Estava um vento frio e não me agasalhei bem. Contraí uma pneumonia, que tratei nos primeiros dias em casa. Mas tive que me internar para fazer um tratamento com antibiótico na veia”, explica Manoel.
Ainda no início deste mês, Manoel teve uma pequena isquemia cerebral, com perda visual mínima. Também teve uma parestesia (uma espécie de formigamento) na face. Logo em seguida, foi para São Paulo, onde realizou uma angioplastia, pequeno procedimento cirúrgico para desobstrução de uma artéria. O procedimento foi realizado na carótida, uma artéria que leva sangue do coração para o cérebro. Hoje, ele tem uma nova sessão de quimioterapia.

Pretensões políticas

A um ano das eleições municipais, o prefeito licenciado Manoel Bertoncini não descarta candidatar-se a permanecer no cargo. Mas está ciente que o seu delicado estado de saúde pode impedir estes planos. E acredita que o seu governo pode fechar com chave de ouro e ser um dos melhores do município.

Manoel destaca que muitos projetos estão engatilhados, como a construção da Unidade de Pronto Atendimento 24 horas, a Arena Multiuso, investimento de R$ 4 milhões em obras de pavimentação, a construção de quatro pontes (uma entre as duas Guardas, em frente à antiga rodoviária, na comunidade de Congonhas, entre Capivari de Baixo e Tubarão), a efetivação do Centro de Controle de Zoonoses. E também elogia a atuação do vice-prefeito Pepê Collaço, que está à frente da administração municipal durante a sua licença. “Tenho acompanhado todas as ações que são realizadas pelo prefeito em exercício e estou muito tranquilo quanto à condução que Pepê está tendo frente à prefeitura. Temos governado a quatro mãos desde o início do mandato”, enaltece Manoel.

Manoel afirma que João tem mais chances no PSDB

O vereador João Fernandes não esconde seu descontentamento com o atual partido, o PSDB. Já chegou a fazer várias ameaças e avisos de que deixará o partido. O destino ainda é incerto, ele não esconde o seu maior sonho: ser prefeito de Tubarão. Quanto a isso, o prefeito licenciado Manoel Bertoncini (PSDB) acredita que a maior chance de um dia João chegar ao paço municipal é continuar na sigla.
Para Manoel, caso não possa concorrer à reeleição em 2012, o candidato perfeito é o ex-prefeito Carlos Stüpp. “Stüpp tem dito que não quer (ser candidato), mas espero que ele mude de opinião. Tenho certeza que hoje ele é o candidato com apoio do partido, a começar por mim. Mas se ele não quiser, eu quero”, garante Manoel.

"Em nenhum momento, pensei em renunciar. Sou médico e sei que posso continuar o tratamento exercendo minha função na prefeitura. Ser prefeito tem sido um adjunto do meu tratamento, tem me dado força, vontade, ocupado minha cabeça. Não consigo ficar em casa enquanto as obras estão surgindo e acontecendo em ritmo acelerado. Quero voltar logo para o trabalho."

Prefeito de Tubarão, Manoel Bertoncini (PSDB), temporariamente afastado por problemas de saúde.