Todos os eventos sejam realizados a partir do repasse de recursos públicos serão cancelados em Laguna. Basicamente é a esta a decisão da prefeitura em reunião realizada nesta segunda-feira (10) entre várias secretarias municipais.

A medida vem alguns dias depois de um município registrar o maior número de casos confirmados de Covid-19 desde o começo da pandemia na região, em março de 2020.

São mais de 100 casos ativos na cidade desde o começo deste ano. A decisão já foi comunicada à Liga Independente das Escolas de Samba de Laguna (Liesla).

Até a semana passada, a prefeitura estudava uma forma de realizar o Pré-Carnaval no Mar Grosso, com uma apresentação fechada das escolas de samba em um percurso menor – da rótula do Porto de Laguna, no bairro Magalhães, até o início da avenida João Pinho.

A ideia era cercar o percurso e fazer o controle do público por meio de seguranças. Com o custo alto, a saída foi cancelar a festa.

Entidade que agrupa as cinco agremiações de Laguna – Brinca Quem Pode, Democratas, Xavante, Vila Isabel e Mocidade Independente -, a Liesla ainda não manifestou um posicionamento oficial sobre a decisão da Prefeitura.

Conforme o presidente da Liga, Edson Roberto, isso será feito ao longo desta semana, após reunião com representantes das cinco escolas.

Com o avanço da variante Ômicron por Santa Catarina, uma cepa com um poder de transmissão muito superior a todas as versões do coronavírus detectadas até o momento, o Estado restringiu algumas regras em relação a promoção de eventos.

Baseada nelas, a Prefeitura de Laguna liberou apenas a realização de eventos carnavalescos fechados que se adequem ao protocolo de controle de público e exigência de comprovação vacinal.

A última edição do tradicional Pré-Carnaval de Laguna ocorreu em 2020, antes da pandemia do novo coronavírus.

 

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul