Laguna

A cifra não é nada animadora. Os estragos causados pelas fortes chuvas e vendavais em Laguna geraram um prejuízo de R$ 4 milhões no município. O relatório detalhado dos estragos foi entregue ontem à secretaria nacional de Defesa Civil pelo prefeito Célio Antônio (PT).

Junto, há um plano de trabalho que detalha os materiais e orçamentos necessários para recuperação. Todas as comunidades foram atingidas de alguma forma, mas no Farol de Santa Marta, Perrixil, Ribeirão Pequeno e Nova Fazenda os problemas são ainda mais acentuados.

A prioridade para aplicação dos recursos será em repavimentação, drenagem e patrolamento. O plano de trabalho detalha também a necessidade de abertura de valas e canais, muros de contenção e reconstrução de casas. Somente a ampliação da infraestrutura afetada pelas enxurradas custará R$ 4.831.530.

Deste total, R$ 4.219.530 é para a compra de materiais e contratação de mão-de-obra. O restante (R$ 612 mil) são para aluguel de máquinas. Em virtude do decreto de estado de emergência, não será feita a licitação para a exploração de uma jazida de saibro, que será usado para recuperação das estradas do interior.

Serviço
A central de atendimentos da Defesa Civil de Laguna está concentrada na secretaria de assistência social da prefeitura. O telefone para contato é o 3644-8761.