Imbituba

Com uma nova infraestrutura de 660 metros de comprimento de cais acostável, o Porto de Imbituba firma-se como uma das principais molas propulsoras do desenvolvimento da região sul catarinense. Cerca de R$ 153 milhões são investidos pelo Tecon Imbituba. A obra aumentará em 47% a capacidade atual dos portos do estado. E as boas notícias não param por aí: a construtora Andrade Gutierrez pretende concluir a ampliação do cais dos berços 1 e 2 cinco meses antes do prazo, que é abril de 2011.

O engenheiro responsável pela obra, José Santos, assegura que todos os esforços concentram-se nisto. “A obra iniciou em janeiro deste ano e o nosso objetivo é entregar o novo cais, com área total de 20,5 mil metros quadrados, no fim de 2010”, afirma Santos.

As obras civis iniciadas neste ano compreendem a ampliação dos berços 1 e 2 do terminal, a qual inclui a construção de um novo cais com 410 metros de comprimento por 50 metros de largura e o alargamento dos berços existentes, com 250 metros de comprimento e 12 metros de largura, assim como a recuperação estrutural complementar.

Com o término da obra, o Porto de Imbituba poderá receber embarcações de maior porte, com até 300 metros de comprimento. A expectativa com relação à movimentação é de que ocorra um aumento natural pela utilização do novo berço e pela migração de carga da região sul catarinense e norte do Rio Grande do Sul.