O único acesso à comunidade antes era uma ponte de madeira bastante precária
O único acesso à comunidade antes era uma ponte de madeira bastante precária

Gravatal

 

Depois de quase 40 anos de reivindicação de moradores da comunidade de Ilhota, em Gravatal, por uma nova ponte, a construção está concluída. Nesta sexta-feira, o prefeito Rudinei Carlos do Amaral Fernandes (PMDB), o Nei, e o secretário de infraestrutura da prefeitura, Valdinei Boneli dos Santos, vistoriaram o local. 
 
Nesta semana, foi realizado o aterro das cabeceiras. “Fizemos um trabalho de proteção para proteger as cabeceiras, para dar uma maior segurança e evitar que sejam levadas no caso de uma forte enxurrada”, explica o secretário Valdinei.
A nova ponte possui 48 metros de comprimento por quatro metros de largura e custou R$ 380 mil. Deste total, a prefeitura entrou com a contrapartida de R$ 180 mil. O restante do valor (R$ 200 mil) é recurso federal.
 
A construção da ponte iniciou em 2008. Contudo, teve várias interrupções devido a problemas com empresas executoras da obra e cheias que assolaram a região. “Estou feliz em entregar esta ponte a uma comunidade que tanto necessitava”, pontua Nei. Hoje, o único acesso ao bairro é feito por uma ponte de madeira.