A 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Imbituba aguarda o relatório técnico de visita para sugerir caminhos mais assertivos para o transporte do material e evitar a poluição atmosférica - Foto: Ministério Público de Santa Catarina (MPSC)

As condições de manipulação do coque de petróleo foi o foco de uma vistoria feito no Porto de Imbituba, pelo Ministério Público (MP). A ação, feita em conjunto com o Instituto do Meio Ambiente (IMA), Companhia Docas de Imbituba, a CRB Operações Portuárias S/A e o Corpo de Bombeiros Militar de Imbituba, analisou o cumprimento de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), firmado pela CRB com a 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Imbituba.

No TAC, uma série de ajustes foram estabelecidos quanto ao armazenamento do coque de petróleo no Porto de Imbituba, bem como as condições em que a manipulação do combustível sólido é feita por outras empresas que operam no local. O Coque de Petróleo pode ser potencialmente poluidor quando manipulado de maneira incorreta.

Conforme a Promotora de Justiça Sandra Goulart Giesta da Silva, foi observado que na empresa CRB o material é retirado do navio por guindastes, colocado diretamente na moega (uma espécie de grande funil) e despejado na esteira subterrânea. O produto é, então, transportado até outra esteira, protegida por lonas laterais, que leva o coque ao terminal de armazenamento.

Em relação às demais empresas, foi constatado que, por não possuírem terminal de armazenamento dentro do porto, o descarregamento do coque é feito do navio com guindastes e despejado, através da moega, diretamente na caçamba dos caminhões. O veículos percorrerem alguns metros totalmente descobertos para então receberem uma proteção de lona.

Agora a promotoria de justiça aguarda o relatório técnico da visita, que é feito pelo Ima, para sugerir caminhos mais assertivos no transporte do produto. O coque de petróleo é um combustível fóssil sólido derivado do petróleo pelo processo de craqueamento térmico. É uma matéria considerada poluente em razão do carbono e que pode possuir altos teores de enxofre, o que, para uma exposição constante, torna-o nocivo à saúde.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul