#Pracegover Foto: na imagem há um homem e uma mulher
#Pracegover Foto: na imagem há um homem e uma mulher

O policial militar Jeferson Esmeraldino, 33 anos, foi levado para Florianópolis, onde passará por uma cirurgia na cabeça. O procedimento cirúrgico ocorrerá nesta quarta-feira (25). As informações foram confirmadas pela mãe do policial, Sandra Aparecida Nunes.

Ela explica que o procedimento será o de colocação de uma válvula permanente no cérebro. O que se espera com a cirurgia é que o profissional de segurança possa realizar alguns movimentos, respirar melhor e interagir com as pessoas. O policial não se movimenta, não fala, faz uso de traqueostomia e se alimenta por sonda.

Esmeraldino foi ferido em combate durante um assalto a banco ocorrido em Criciúma, em 30 de novembro do ano passado. Ele ficou com sequelas graves. O agente de 32 anos, na época, fazia parte da guarnição do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) que foi acionada para retornar ao batalhão, que estava sob ataque dos assaltantes. No caminho, os policiais foram surpreendidos por carros dos criminosos. Houve troca de tiros e o soldado natural de Tubarão foi atingido no abdômen. Ele passou por três cirurgias e esteve internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São João Batista.

Recentemente, a Campanha Pelotão da Solidariedade arrecadou R$ 431 mil. O intuito da iniciativa era com o montante arrecadado adquirir um imóvel no centro de Tubarão, cidade onde o policial reformado mora. Na Cidade Azul, o policial é tratado pela empresa SOS Home Care e permanece acamado. Ele tem acompanhamento por técnicos de enfermagem 24 horas, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, terapeuta ocupacional e nutricionista.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul