Os policiais militares de Santa Catarina começaram a receber a vacina contra a covid-19, nesta sexta-feira (9). A determinação da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) é de redirecionar cerca de 20% das vacinas Sinovac/Butantan, recebidas para segundas doses, para aplicação das primeiras doses, incluindo novos grupos determinados pelo Ministério da Saúde, como os profissionais das forças de segurança e salvamento e forças armadas.

O comandante-geral da PMSC, coronel Dionei Tonet, explica que neste primeiro momento, a instituição recebeu 760 doses. Desta forma, o comando-geral estabeleceu um regramento de prioridades para atendimento de todos os policiais, priorizando os que estão na linha de frente.

“Vamos realizar esse trabalho de forma intensa, de acordo com a disponibilidade das vacinas”, confirmou Tonet. As primeiras equipes a receberem a vacinação serão as de rádio patrulha da primeira região (Florianópolis, Ilha de Santa Catarina – 4º e 21º Batalhões PMs e, na parte Continental, 22º BPM) e os dois batalhões de Joinville, 8º e 17º.

Além disso, mais 119 policiais de outras cidades do Estado, que estão na linha de frente e têm doenças de comorbidades (como pressão alta e diabetes por exemplo). Depois, serão vacinados os policiais das cidades com maior gravidade de contaminação. “Até poder contemplar a toda a corporação”, completou o comandante-geral.

 

Fonte: PMSC

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul