Na manhã desta sexta-feira (02), a Policia Civil de Imbituba cumpriu mandado de prisão temporária contra Dener Inocêncio, investigado pelo assassinato de Moises Ribeiro, desaparecido desde setembro de 2017.

Dener já passou por três interrogatórios e logo após a prisao, ao ser confrontado com as provas existentes ele confessou a autoria do homicidio.

Segundo o autor do crime, ele teria acertado dois golpes na vitima e, em seguida, teria jogado a vitima desacordada no interior do Rio Duna. 

Após o investigado indicar o local que jogou o corpo a polícia acionou o Corpo de Bombeiros, que fará a reconstituição do crime ainda nesta sexta-feira, além de buscas no interior do rio.

Durante as investigações, foi representado ao Poder Judiciario por varias medidas cautelares contra Dener, entre elas quebra de sigilo telefonico, interceptaçao telefonica (com 2 prorrogações), quebra de sigilo bancário, quebra de sigilo telematico, busca e apreensao e acesso ao conteudo dos celulares apreendidos.