A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia Civil de Capivari de Baixo, com o apoio do Grupo de Intervenção Tática do DEAP, deram cumprimento a mandados de busca e apreensão contra presos da Penitenciária de São Pedro de Alcântara, em continuidade as investigações da morte de Edivan Duarte Costa. Durante as buscas foram apreendidos drogas e materiais com ligação a organização criminosa.

Na sexta-feira (8 de abril), foram cumpridos 4 mandados de prisão temporária e 11 mandados de busca e apreensão nas residências de envolvidos com o crime organizado em  Capivari de Baixo, Tubarão e Pescaria Brava. 

Edivan foi morto no dia 14 de dezembro de 2018, no Loteamento Camila. Ele tinha 26 anos e estava no veículo estacionado na garagem quando dois homens que chegaram em uma moto e efetuaram disparos de arma de fogo.