Wagner da Silva
Braço do Norte

Uma equipe de policiais civis será deslocada para Braço do Norte para atuar especificamente durante o período eleitoral, dia 1º de março. O pedido foi feito pelo delegado da comarca, Bruno Ricardo Vaz Marinho, em consideração à quantidade acentuada de ocorrências desta natureza resgistrada em pleitos anteriores no município.

A equipe – encabeçada pelo delegado Daniel Garcia e outros agentes da Polícia Civil – foi destacada pelo delegado regional em Tubarão, Renato Poeta, e atuará na investigação de denúncias e acompanhará todo o processo eleitoral. Além deles, um grupo da Central de Operações Policiais (COP), de Florianópolis acompanhará os trabalhos. Eles chegam à cidade na próxima segunda-feira.

A região é muito extensa, por isso a necessidade de pedir reforço. “O objetivo é coibir qualquer crime eleitoral para garantir um pleito justo”, afirma. As equipes de apoio atuarão, no entanto, somente até o fim das eleições, dia 1º do próximo mês. “Além de apurar as denúncias, agiremos também na fiscalização para que tudo corra tranquilamente”, ressalta Daniel.

A denúncia de possíveis crimes eleitorais poderá ser encaminhada à Polícia Civil também pelo Disque-Denúncia, que atende no número 197. “Pedimos apoio da população para que não deixem de comunicar as irregularidades. Tudo será devidamente avaliado. Além disso, não é preciso se identificar. Basta telefonar e passar a informação”, acrescenta Bruno.