Imbituba

Os empresários do Núcleo de Jovens Empreendedores da Associação Empresarial de Imbituba – Acim Jovem participaram de uma oficina para a criação de um plano estratégico de ação empresarial. O objetivo foi fazer com que as empresas incorporem no seu dia a dia a cultura do plano de ação, desta forma mais competitivas. Os integrantes do núcleo puderam trazer os seus sócios ou colaboradores para participarem juntos da construção do plano.

Dentro do projeto, que tem por objetivo impactar diretamente nas empresas associadas, estão previstas várias ações de consultoria, capacitação e transferências de metodologias. A ação conta com o apoio financeiro da União Europeia por meio do programa de cooperação Al Invest 5.0, que é gerenciado pela Câmara de Indústria, Comércio, Serviços e Turismo (Cainco), Santa Cruz, Bolívia, cujo objetivo é promover o desenvolvimento das micro, pequenas e médias empresas em toda a América Latina.

De acordo com o consultor da Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina – Facisc, Giovane Ferreira Pereira, geralmente o empresário tem várias ideias, mas o envolvimento com o operacional da empresa acaba tomando todo o seu tempo, e os planos ficam somente em intenções. “O plano de ação tem por objetivo colocar no papel aquilo que é prioritário para que a empresa atinja os seus objetivos e busque resultados. Todos sabemos que o maior gargalo de um empresário é o tempo. E o plano de ação demonstra a forma como ele vai administrar o seu tempo com atividades importantes para o desenvolvimento do negócio”, afirma.

Antes do projeto as ações dos núcleos eram voltadas para o fator interno, sem gerar resultados diretamente nas empresas. Com essa nova abordagem as associações empresariais, como a Acim, passam a prestar serviços de mais valor agregado que contribuam diretamente com as empresas associadas. “Saímos com planos prontos para executar durante o restante do ano e assim encaminhar nossas empresas com mais foco”, destaca a coordenadora do Acim Jovem, Fernanda Bittencourt.