Agora, os trabalhadores finalizam a amarração das ferragens para concretagem das proteções laterais das pistas elevadas. Depois, os serviços serão direcionados à conclusão das cabeceiras e aplicação asfáltica sobre o viaduto - F:Muriel Albonico/Esga-Dnit/
Agora, os trabalhadores finalizam a amarração das ferragens para concretagem das proteções laterais das pistas elevadas. Depois, os serviços serão direcionados à conclusão das cabeceiras e aplicação asfáltica sobre o viaduto - F:Muriel Albonico/Esga-Dnit/

 

Laguna
 
O consórcio Araguaia-Blokos-Emparsanco, executor das obras no lote 25 na duplicação da BR-101,  entre Laguna a Capivari de Baixo, concluiu a concretagem de laje que sustentará as futuras pistas no viaduto de acesso ao bairro Km 37, na Cidade de Anita. 
 
Agora, os trabalhadores finalizam a amarração das ferragens para concretagem das proteções laterais das pistas elevadas. Depois, os serviços serão direcionados à conclusão das cabeceiras e aplicação asfáltica sobre o viaduto. 
 
No vão inferior, é feita a composição das camadas bases para aplicação do asfalto. Os muros de gabião, construídos para dar suporte aos taludes, estão prontos, assim como colocação das gramíneas em leivas.
 
Estas plantas asseguram e minimizam o processo de erosão do aterro. Atualmente, o lote 25 conta com nove frentes de trabalho para construção de viadutos, duplicação de pistas e confecção de vigas. 
 
Por conta desta grande movimentação nos canteiros de obras, os motoristas que utilizam este trecho da rodovia e circulam pelas ruas laterais, devem redobrar a atenção.
 
Além da movimentação de veículos pesados para o transportes de cargas e equipamentos, há fluxo de pedestres, trabalhadores, e veículos menores entre os bairros às margens da BR-101.