Carolina Carradore
Tubarão

Morreu ontem o bancário aposentado Celso de Oliveira Mendonça. Esposo da presidenta do Abrigo dos Velhinhos de Tubarão, Shirley Mendonça, ele foi vítima de uma insuficiência cardíaca. O corpo é velado na capela Santa Terezinha. O enterro será hoje, às 9 horas, no cemitério do São Martinho. Antes, haverá uma missa de corpo presente na Catedral.

Professor universitário, maçom, Celso também trabalhou por mais de 30 anos no Banco do Brasil. “Meu pai era uma pessoa honesta, correta e sempre me dizia que toda a pessoa deve deixar saudades quando se for”, recorda com carinho a filha Glads da Rosa Mendonça.

O aposentado Cornélio Vieira Neves, 84, participou da fundação do Rotary Clube Leste, juntamente com Celso, no final da década de 60, e diz que o amigo deixará uma lacuna na entidade. “Fizemos um bom trabalho juntos e ele foi um grande companheiro. Sempre preocupado com as causas sociais”, revela.